• ENEjr

ANÁLISE DE FATURA: o que é e como fazer


Descubra como diminuir a conta de luz de sua residência ou empresa por meio de poucos passos! Entenda o que é e coloque em prática a análise de fatura.



Muitas vezes nos vimos surpresos com os aumentos repentinos na fatura de energia elétrica, não é mesmo?

Na maioria das vezes, principalmente em lugares de maior consumo, o motivo passa despercebido pelo pagador.


Mas você sabe se está pagando o JUSTO na sua energia?


É isso que a análise de fatura realiza para você e para sua empresa!



Análise de Grupos Tarifários


Bom, podemos seguir vários caminhos para correções através da análise de fatura.


Um deles é a viabilidade de troca de grupos tarifários, que se resume em entender em qual grupo você se encontra e qual seria o grupo ideal para que você pague menos pelo mesmo consumo.


O QUE SÃO GRUPOS TARIFÁRIOS?


Existem as tarifas do grupo A que, de maneira geral, são para clientes de grande porte, como indústrias, supermercados, shoppings e outros locais que necessitam de energia em tensões mais altas.


Já as tarifas do grupo B são voltadas para clientes de baixa tensão (abaixo de 2300V). Dentro disso, temos alguns subgrupos:


B1 - classe residencial e subclasse de baixa renda;

B2 - classe rural;

B3 - outras classes (comercial, industrial, consumo público, poder público);

B4 - iluminação pública;

B Optante - consumidores do grupo A que escolhem ser grupo B.


Por último, não podemos deixar de citar a Tarifa Branca, que vem sendo muito utilizada principalmente por indústrias no Brasil todo.


Se trata de um modelo tarifário em que a sua energia tem 3 valores diferentes dependendo da hora do dia, podendo render grande economia para empresa que trabalham fora do horário de pico.

Ficou curioso? Nós te explicamos mais aqui! link


A melhor forma de descobrir seu perfil tarifário perfeito é através de simulações feitas pelo analista. Essas análise leva em conta alguns pontos como: horários de uso, demanda, consumo total e outros fatores.



Análise de Fator de Potência


Esse pode ser um grande inimigo da sua indústria, uma vez que você pode estar pagando uma multa a cada fatura sem saber o porquê.


O fator de potência é a relação existente entre a quantidade de energia ativa e energia reativa que uma unidade consumidora possui.


Cada equipamento possui seu próprio fator de potência, mas com o passar dos anos ele vai caindo, assim como, sua eficiência.


As indústrias e as redes de distribuição também precisam adotar uma certa consistência no fator potência, para que se garanta uma mesma qualidade de energia a todas as unidades consumidoras.


A energia elétrica consumida pode ser dividida em Energia Ativa (kW), a qual gera trabalho, e a Energia Reativa (kWAr), utilizada para efeitos eletromagnéticos de equipamentos elétricos, principalmente motores e eletrônicos.


Como a energia reativa não produz trabalho e circula entre a carga e a fonte de alimentação, ocupa um espaço no sistema elétrico que poderia ser utilizado para fornecer mais energia ativa, originando em multa de fator de potência.


Sendo assim, as distribuidoras como forma de limitar a quantidade de energia reativa que circula na rede estipularam uma relação mínima entre a potência ativa e reativa da rede.


Através do Decreto nº 479 a ANEEL estabeleceu o fator de potência mínimo de 0,92.



O QUE FAZER SE ESTOU PAGANDO MULTA DE FATOR DE POTÊNCIA?


Se você está pagando essa multa significa que a sua indústria precisa adicionar cargas a rede, por meio de um banco de capacitores, que se dimensionados corretamente impedem que o fator de potência fique abaixo de 0,92.


Geralmente motores de indução, transformadores com baixa carga, reatores para lâmpadas de descarga e fornos de indução são as principais causas de infração nas contas de luz por baixo fator de potência.



MAS COMO SABER SE PAGO MULTA?

Ao checar sua fatura, procure pelo tópico que diz “energia reativa fp”, você vai identificar que está pagando multa quando o valor do fator de potência estiver abaixo de 0,92.


Vale lembrar que os consumidores do grupo B não pagam multa por fator de potência. Então se você é do grupo A, deve estar muito atento a este ponto para não estar pagando mais do que deveria.


Caso não ache, clique aqui que resolvemos esse problema!



PRECISO PAGAR POR UMA ANÁLISE DE FATURA?


Necessariamente não.


Mas que fique claro: é um serviço detalhista e que precisa ser estudado com propriedade.

Ao contratar uma análise de fatura, você fica livre de toda burocracia e economiza energia e dinheiro de forma simples e rápida.


A ENEjr tem profissionais capacitados e especializados no assunto, além de um preço e serviço ÚNICOS no mercado. Quer saber mais?


Caso prefira tentar resolver seus problemas com sua conta de luz por conta própria, a ENEjr também facilita seu caminho com um e-book gratuito cheio de informações diretas sobre o tema. Clique aqui!